PUBLICIDADE    
 
(16-09-08) Contigo: Casamento de Princesa
 


Lucas e Sandy, com o voilete voltado para trás e o arranjo de renda e fios de prata

Violinos, violas, cordas... Com inspiração clássica, mas longe do impacto de uma marcha nupcial, o tema, composto pelo noivo, anunciou a entrada da noiva, Sandy Leah Lima, 25 anos, às 20h46. Um canhão de luz, com um quê de show, iluminou, por trás, uma cortina dossel branca ao fundo do salão. O tecido subiu e revelou a estrela da cerimônia, que foi realizada dentro de um aconchegante salão coberto montado sobre um campo de futebol, na propriedade da família, em um condomínio em Campinas, interior de São Paulo, na sexta-feira (12). Lucas Scholles Lima, 25, a esperava no altar, ao lado dos pais, padrinhos e do padre. Envolto em segredo e sob o olhar de um seleto grupo de 250 convidados, começava um dos casamentos mais esperados do ano, selando uma relação de pouco mais de quatro anos.

União luterana

Sandy e Lucas participaram de duas cerimônias na sexta-feira. Uma luterana, religião da família de origem alemã do noivo. Outra, católica, da família da noiva. Por volta das 18h, ao ar livre, à beira da piscina, aconteceu a primeira, rápida, íntima e com a presença dos pais e de pouquíssimas testemunhas. Sandy estava com o mesmo vestido que usaria mais tarde, apenas com diferentes véu, arranjo e penteado de cabelo. Meia hora depois, estavam unidos na religião de Lucas.

Como uma igreja

Os convidados começaram a chegar por volta das 17h. Depois de passarem por três checagens, eles seguiram por uma passagem de pedras, dentro do imenso jardim da propriedade, até a estrutura coberta do campo, onde aconteceu a segunda cerimônia. A primeira sala foi decorada quase como uma igreja, com duas longas fileiras de cadeiras de ferro brancas, um altar mais elevado em uma ponta e a cortina para a entrada da noiva na outra. Às 20h40, Lucas entrou caminhando até o altar, acompanhado da mãe, Lorena Lima, 55. As madrinhas da noiva eram a prima Aline Lima, 24, a atriz Fernanda Rodrigues, 28, e as amigas Stella Jorge e Ana Paula. Entre os padrinhos, o irmão, Junior Lima, 24, o tio Nilson Pereira, assim como Amon Ra, 31, Moisés, 30, e Allen, 35, irmãos e primo de Lucas, e mais três amigos do casal.

''Ô!''

Às 20h46, Sandy surgiu ao lado do pai, o cantor Xororó, 50. Através de um voilete, que cobria parte do rosto da cantora, ela sorria tranqüila e com os olhos fixos no emocionado noivo. Noely, 48, mãe da noiva, mal conseguia conter a emoção, respirando fundo e fechando os olhos. Já no altar, de mãos dadas, os dois ouviram a primeira brincadeira do padre: "Vocês vieram aqui para dizer sim, não é mesmo?" Ao que Lucas respondeu: ''Ô!'', seguido de risos dos convidados. Após o sermão inicial, Xororó cantou Ave Maria e José Carlos Lima, pai do noivo, uma versão musical da oração Pai Nosso, momento de emoção para Lucas. Sandy mantinha o olhar fixo no noivo, que, em alguns momentos, olhava reto em direção aos convidados. As alianças foram levadas até os noivos pelos primos Nathalia Scholles, da família dele, e Manoel Lima Dias, da dela, em pequenas almofadas cor-de- rosa. Na troca das alianças, de ouro branco e amarelo, do designer Jorge Amarante, Sandy beijou a mão do noivo, que retribuiu o gesto. Assim que o padre declarou o casal marido e mulher, depois de 59 minutos de cerimônia, Lucas fez um sinal de vitória com o braço direito.

Shakespeare no guardanapo

Sandy quebrou um protocolo quando abraçou a mãe, Noely, antes das madrinhas. Depois do emocionado abraço entre as duas, Noely acariciou o rosto do genro e repetiu: ''Abençoado, abençoado, abençoado!'' Ao saírem, os noivos foram saudados com aplausos. Um enorme tecido branco foi aberto, revelando a segunda metade do salão, a da festa, já com Sandy e Lucas posicionados ao centro para receber os convidados. Ali, um bar à frente de uma pista de dança e de um palco com instrumentos para quem quisesse dar uma canja. O clima familiar continuou no coquetel e no jantar, que teve, entre outros pratos, caracol de cogumelo silvestre ao funghi, fagotinne de mignon recheado ao vinho do porto. Entre as sobremesas, torta crocante de maçã e pêra com calda de chocolate e pistache. Como bebidas, vinho tinto, coquetéis internacionais, drinques gelados e Veuve Clicquot. Nas mesas, guardanapos de tecido branco com frases de autores célebres - William Shakespeare, entre eles - bordados na cor verde e embalados por uma orquídea artificial branca.

Preparado por Wagner Bertazzo, o bolo de quatro andares e pesando 20 quilos tinha recheio de estrogonofe de nozes com ganache de chocolate branco e damasco, e decoração de pasta francesa com fundo rosa, guirlandas de louros, minirrosas e um laçarote no topo no lugar dos noivinhos. Com o fim do jantar, a tão esperada música dos noivos ganhou um momento de silêncio, quando o irmão de Lucas, Amon Ra, responsável pelo disparo da canção "I'm Your Angel", de Celine Dion, se atrapalhou e não encontrou o CD com a faixa. Nenhum problema quando o noivo em questão é músico. Lucas, então, subiu ao palco, pegou um violão e começou a tocar uma música em homenagem às sogras. Enfim, ouviu- se o tema da canadense e o casal dançou ''olho no olho'' seguido dos pais. Depois disso, o som ficou nas mãos dos DJs Mari Rossi, Jason Bralli e Julio Torres, com canções como "If You Could Read My Mind", de Gordon Lightfoot, e "Love Generation", de Bob Sinclair.

Agora, Thriller!

O momento do arremesso do buquê foi anunciado por Lucas. A felizarda foi a atriz Ellen Jabour, 30, que não largou o arranjo até o fim da noite. No começo da madrugada, Junior, Allen, Amon Ra e Moisés protagonizaram a brincadeira mais teatral da festa. Ao som de "Thriller", de Michael Jackson, o quinteto apareceu com máscaras (Lucas com a jaqueta vermelha do videoclipe) para uma coreografia animada. Sandy e Lucas deixaram a festa às 2h30 e curtiram as núpcias na casa da noiva, dentro da propriedade dos pais, onde devem morar até que a reforma no apartamento do casal, em Cambuí, Campinas, esteja concluída, no fim de setembro. Os familiares deixaram o salão por volta das 3h30 e o restante dos convidados aproveitou a pista até as 5h.

Contagem regressiva para o grande dia

A tão esperada noite de Sandy e Lucas foi preparada com muito sigilo. Dez dias antes, vizinhos do condomínio da cantora, em Campinas, já reparavam na adaptação do campo de futebol. Mas somente poucas horas antes da cerimônia é que os caminhões com flores, decoração, e pessoal chegaram. A noiva optou por uma decoração interna simples e romântica, nos tons verde e branco. Os arranjos de flores, mesclaram rosas colombianas, astromélias, orquídeas e hortências. Na sala preparada para a cerimônia religiosa, caixas espelhadas suspensas sobre a passarela branca e uma cruz de espelho trabalhado emoldurada por folhagens ao fundo do altar. Longe da infra-estrutura da festa, Lucas aproveitou o dia anterior ao casamento, na quinta-feira (11), para cortar o cabelo no Studio W. Os parentes de Lucas, vindos do Rio Grande do Sul, ficaram todos hospedados no Vinhedo Plaza, em Vinhedo, São Paulo. Uma van ficou à disposição deles para o transporte até o casamento. Já Sandy estava tranqüila no dia do sim: por volta das 17h, ela foi recepcionar a avó, Mariazinha, mãe de Noely, e chegou a ser vista de short e blusa pelo jardim da casa. A noiva só começou a produção às 17h30, assim como o noivo, no mesmo local.

Fotos:

Foto: Rafael Campos

Detalhe da preparação final do salão, na sexta-feira (12)

Foto: Rafael Campos

O grande salão, em fase final de montagem, construído sobre o campo de futebol da propriedade da família de Sandy, em Campinas. Os convidados entravam por uma porta secundária (na foto, no canto inferior esquerdo), seguiam pelo jardim e chegavam até a estrutura da festa

Foto: Rogério Pallatta

Adenair, ex-mulher de Chitãozinho e o filho Allison

Foto: Marcos Ribolli

Aline, prima de Sandy, com o filho Manoel

Foto: Marcos Ribolli

Dona Hilda Scholles, avó de Lucas

Foto: Rogério Pallatta

Ellen Jabour, que pegou o buquê na festa

Contigo, Adapt. A Gente Dá Certo